sexta-feira, 30 de março de 2012

Via Sacra Paroquial


Neste dia 30 de Março haverá a Via Sacra da Paróquia.

Horário: ás 19 horas


ITINERÁRIO: ÍNÍCIO NA IGREJA MATRIZ, SEGUINDO PELAS RUAS: PEREIRA PEIXOTO, HONÓRIO LIMA, ARCEBISPO SANTOS, PÇ. NILO PEÇANHA, TRAVESSA ELOI FONSECA, AV. JÚLIO MARIA, RUA DR. COUTINHO ATÉ SANTA CASA DE MISERICÓRDIA, RETORNANDO PELA RUA DR. COUTINHO COM TÉRMINO NA IGREJA DO CARMO.


TODO POVO CATÓLICO ESTÁ CONVIDADO A PARTICIPAR.


O QUE É VIA SACRA? A Via Sacra é ato de relembrar a caminhada de Jesus Cristo, desde sua condenação até sua crucificação e ressurreição. Na Via Sacra lembramos das diversas passagem desta trajetória de Jesus Cristo atualizando em nossas memórias o seu amor incondicional por toda a humanidade. Espera-se com isso que as pessoas possam se sensibilizar e tomem consciência que a Via Sacra de Jesus Cristo ainda está presente na nossa realidade. Muitas são as pessoas que sofrem situações semelhantes as que Ele sofreu. Neste sentido a Via Sacra não é para simplesmente lembrar, nem tampouco legitimar certas situações de dor e sofrimento, mas sim, é uma forma de reconhecer que Jesus Cristo passou por tudo isso e, ao final, Ressuscitou. Vida Ressuscitada, Vida Transformada... Vida em Plenitude.

Lembramos este ano da Via Sacra do nosso povo por falta de sáude de qualidade. Por isso nossa Via Sacra lembrará do tema da Campanha da Fraternidade deste ano: "FRATERNIDADE E SAÚDE PÚBLICA". Fortalemos, assim, a esperança de que "A SAÚDE SE DIFUNDA SOBRE A TERRA". 

Frei Fernando Bezerra Leite. (Pároco)

terça-feira, 27 de março de 2012

Refletindo com Serginho...

Você é Feliz com seu Jesus Cristo ?

Talvez devessemos primeiro colocar o que vem a ser feliz
(dicionário aurélio): Feliz = Quem tem um sentimento de Bem Estar.
E a partir dai colocarmos um tripé de sustentação para esse questionamento:
O primeiro: O Encontro com Jesus: Um verdadeiro encontro com o divino como teve Pedro, tiago, joão ( Mc:9: 2- 5)
Jesus tomou consigo Pedro, tiago e Joaõ, e os levou sozinhos a um lugar a parte sobre uma alta montanha, e transfigurou-se diante deles. Então Pedro tomou a palavra e disse a Jesus: " Mestre é bom ficarmos aqui, vamos fazer três tendas: Uma para ti, outra para moíses e outra para Elias" . Bem meus irmãos este encontro com Jesus foi tão 
bom, que eles não queriam sair dali da montanha, queriam Jesus só pra eles, assim acontece conosco quando o véu se abre e temos o encontro com Jesus, não queremos que ele vá embora, isso acontece muito nos retiros da igreja como : RCC, MCC, E.C.C entre outros encontros da igreja, ficamos todos admirados e transfiguramos nosso ser.
Mas Jesus vai além e pede para nós descermos a montanha, porque tem muita coisa a ser feita ai acontece o segundo passo. " O desencontro com Jesus" quando vamos para a luta da vida, sentimos o peso da cruz, das dificuldades e ficamos "Infeliz com Jesus" , porque achamos que estamos só, não há brilho reluzente como na transfiguração, o descer a montanha exige caminhar com dores espirituais, dores da alma e do corpo, a sensação é de abandono ( Salmo:31: 11)
Eis que minha vida se consome em tristeza e meus anos em gemidos, meu vigor sucumbe a miséria e meus ossos se consomem.
O terceiro passo é decisivo ( O Reencontro).
O Reencontro é belo, cheio de amor e confiança por tudo que viveu,suportou, e viu que Jesus só trazia felicidade nos momentos de duvidas da fé, o cego volta a enxergar a felicidade em Jesus.(lucas:24 15-17,29-31)
Ora, enquanto conversavam e discutiam entre si o próprio Jesus aproximou-se e pôs-se a caminhar com eles, seus olhos porém estavam impedidos de reconhecê-lo: ele lhes disse: " Que palavras são essas que trocais enquanto ides caminhando?" e eles pararam, o rosto sombrio, eles insistiram dizendo: " Permanece conosco, pois cai a tarde e o dia já declina" entrou então para ficar com eles e uma vez a mesa com eles, tomou o pão, abençoou, depois partiu-o e deu-o a eles. Então seus olhos se abriram e reencontraram Jesus. A nossa felicidade esta na Santa Missa, na mesa da eucaristia, ai sim você será feliz com seu Jesus Cristo. Partilhado para todos.
Fiquem na Paz e no Amor de Cristo!
Felicidades meus irmãos em Cristo.
Serginho.
 
Próxima Semana: " Você acredita na sua Ressurreição? "

 

Aconteceu...

Palestra sobre a Lei Maria da Penha 

           
Foi realizada na tarde de quinta-feira, 22 de março, uma palestra com o objetivo de divulgar aspectos gerais da Lei Maria da Penha. Em vigor desde 2006, a lei visa um rigor maior quanto às punições relacionadas às agressões contra a mulher, quando estas acontecem em âmbito doméstico ou familiar.
A palestra aconteceu na Casa Larangeira, e foi organizada pela Prefeitura de Angra através da Secretaria de Ação Social como parte das comemorações ligadas ao Dia Internacional da Mulher – comemorado em 8 de março.
Responsável pelas informações transmitidas ao público, o analista judiciário Luciano Walsh falou sobre o assunto.
“É uma palestra sobre a Lei Maria da Penha, a respeito da violência que ocorre dentro do lar”, disse o analista judiciário, antes de continuar. “Os homens também têm que assistir à palestra, já que a maior parte das agressões é feita por eles.”
Mais de 70 pessoas compareceram ao evento, que foi gratuito. O ciclo de palestras temáticas em homenagem à mulher será finalizado no dia 29 deste mês, no Cras do Campo Belo, com a palestra sobre saúde emocional. No dia 30 acontece o encerramento das homenagens, com apresentações culturais, às 16h, na Casa Larangeira.

Primeira Reunião do CPP


Comunidades Participam da Reunião do Conselho Paroquial

Estiveram reunidos na noite de quinta-feira,20 de março, no Salão do Convento do Carmo, agentes de pastorais, representantes das comunidades e movimentos da Paróquia Nossa Senhora da Conceição para reunião do Conselho Paroquial de Pastoral- CPP, a primeira do ano.
O encontro foi presidido pelo pároco frei Fernando Bezerra Leite e contou com a participação dos freis Donizeti e Valter de Oliveira. Após a acolhida dos participantes, frei Fernando iniciou com oração, seguida da proclamação da Palavra de Deus, citando “Onde duas ou três pessoas estiverem reunidas em meu nome, estarei no meio delas”- disse Jesus (Mt 18,20).
Em seguida, frei Fernando lembrou do seu compromisso e desafio como pároco em atender as necessidades e não as vontades das 14 comunidades da paróquia. “A finalidade da ação pastoral é ser sinal de Cristo , de comunhão e participação fraterna, é viver Igreja Comunidade de Comunidades, afirma o pároco.
Ainda durante o encontro frei Valter apresentou estatística  baseada em recentes pesquisas sobre a atuação dos religiosos na paróquia, que indica um número baixo de participantes, principalmente nas missas aos domingos. Já frei Donizeti falou da Ordem Camelita, que se baseia na oração,fraternidade e missão profética. Destacou que para ser missionário é preciso de se desprender de si mesmo e servir o outro.
Para encerrar, frei Fernando convidou a todos para a Via Sacra Paroquial, que se realizará dia 30 de março, saindo às 19h, da Igreja Matriz  com percurso somente no centro da cidade com paradas em frente aos postos de saúde  e hospital. A Via Sacra  como tema esse ano, a Campanha da Fraternidade que defende a  “Saúde Pública para Todos”!
Vamos participar e rezar!
Texto e Fotos : Dalizania Melo



terça-feira, 20 de março de 2012

Coral Infanto-Juvenil


Inscrições gratuitas para o Coral
 Infanto-juvenil
e Oficina de Música Latino-americana
A Prefeitura de Angra dos Reis está abrindo inscrições para dois importantes cursos musicais gratuitos da cidade, oferecidos pela Fundação de Cultura (Cultuar): o Coral Infanto-juvenil, que já tem 20 anos de fundação e a Oficina de Música latina-americana, que está completando um ano.
As inscrições estão sendo feitas na Casa de Cultura Poeta Brasil dos Reis, no Centro da cidade, esquina da Rua do Comércio com a Avenida Raul Pompeia, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.
O professor é o músico angrense Moacyr Saraiva, regente do Coral da Cidade de Angra e do Coral infanto-juvenil. Ele explica que para participar do Coral Infanto é necessário ter idade a partir de 8 anos e não é preciso experiência musical. As vagas são ilimitadas. Já para a a Oficina de Música Latino-americana, com vagas para 30 alunos, o interessado deve dominar pelo menos um tipo de instrumento: sopro, cordas ou de repercussão.
As aulas já começaram e estão sendo realizadas no espaço cultural da Casa Larangeira, no Centro da cidade. O Coral Infanto-juvenil é um grupo que se apresenta brilhantemente em diversos eventos da cidade e prepara integrantes para o Coral da Cidade, referência musical da região, com mais de 30 anos de fundação. A Oficina de Música Latino-americana também já deu bons frutos. Um grupo de 15 alunos já está se apresentando no município, sob a regência de Saraiva.
Colaborou: Nádia Valverde- Cultuar

Igreja: Comunhão e Participação


COORDENADORES(AS) DE COMUNIDADES, PASTORAIS E MOVIMENTOS.


REUNIÃO DO CPP 
 CONSELHO PAROQUIAL DE PASTORAL

Data: 20/03/2012


Local: Convento do Carmo


HORÁRIO: 19:00












segunda-feira, 19 de março de 2012

Santo do Dia...

São José

19 de Março


São JoséCelebra-se hoje, 19 de março, a Solenidade de São José. Neste dia, a Igreja, espalhada pelo mundo todo, recorda solenemente a santidade de vida do seu patrono.
Esposo da Virgem Maria, modelo de pai e esposo, protetor da Sagrada Família, São José foi escolhido por Deus para ser o patrono de toda a Igreja de Cristo.
Seu nome, em hebraico, significa
“Deus cumula de bens”.
No Evangelho de São Mateus vemos como foi dramático para esse grande homem de Deus acolher, misteriosa, dócil e obedientemente, a mais suprema das escolhas: ser pai adotivo de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Messias, o Salvador do mundo.

"Quando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor tinha mandado e acolheu sua esposa"
(Mt 1,24).
O Verbo Divino quis viver em família. Hoje, deparamos com o testemunho de José, “Deus cumula de bens”; mas, para que este bem maior penetrasse na sua vida e história, ele precisou renunciar a si mesmo e, na fé, obedecer a Deus acolhendo a Virgem Maria.

Da mesma forma, hoje São José acolhe a Igreja, da qual é o patrono. E é grande intercessor de todos nós.

Que assim como ele, possamos ser dóceis à Palavra e à vontade do Senhor.


São José, rogai por nós!

domingo, 18 de março de 2012

Refletindo o Evangelho de Domingo


V Domingo da Quaresma – 25/03/2012

“…e rogavam-lhe: Senhor, queremos ver Jesus.”(Jo. 12,21b)

Este foi o desejo de alguns   gregos que estavam em Jerusalém, “… queremos ver Jesus”. Certamente tomaram essa atitude porque tinham certeza de estar diante daquele que mudaria, definitivamente, o conceito de religião.Os gregos não eram simples pagãos ou alguns daqueles que se aproximavam de Jesus Cristo para perseguir ou fazer questionamentos maliciosos; estavam entre muitos: “Havia alguns gregos entre os que subiram para adorar durante a festa.” (V.20)
O que eles, com certeza, não imaginavam, e muitas vezes nós também não imaginamos, é o que representa “estar diante de Jesus Cristo”, que desafio isto significa! Aliás, um duplo desafio.
1º - Primeiro, de nos colocarmos, nós mesmos, face a face com Ele, sem máscaras, olhos nos Seus olhos, fixar a Sua Imagem em nossa retina e guardar o sentimento desse momento, no nosso frágil coração.
2º - Segundo, com todo nosso ser; pensar, falar, sentir e agir, não sermos muro, mas janela para o que Ele tema a nos falar.
Lendo Jo 12,20-33, o Evangelho do 5º Domingo da Quaresma, a princípio, podemos pensar que Jesus Cristo não responde “coisa com coisa”, dá uma resposta que “não tem nada a ver!”
Olhando um trigal que se agita ao sopro do mais suave vento e se ondula com a suave brisa leve, dificilmente podia-se imaginar que, diante de todo aquele festival de “dourados” e “riquezas”, também pudesse representar um grande “sacrifício”: “Se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, ficará só”.
Jesus Cristo utiliza-se do mais simples e belo, para falar do mais profundo e difícil de entender. É com essa postura humilde que Jesus Cristo se coloca diante dos gregos ansiosos por vê-lo. Coloca-se, não como alguém que está seguro na sua cápsula de orgulho e soberba, mas como o Filho de Deus, passando pela renúncia voluntária da própria divindade, pronto a permitir que Ele próprio, O “Grão de trigo” de Deus, tenha a casca totalmente estraçalhada, pronto a se desfazer, assim, dá própria vida em favor de muitos.
“... mas se morrer, produzirá muito fruto”. Creio que Suas Palavras causaram e ainda causam, inquietação e suspense; Ele trouxe e traz à luz, humanamente falando, uma realidade explosiva e contraditória.
Mas, que realidade é essa?
O “odiar sua vida” não significa destruí-la, mas reconhecer valores que podem exercer um direcionamento contrário às inclinações naturais do ser humano, o arrependimento e a Fé. São esses, os valores.
O arrependimento implica a negação de toda a vida egoísta e egocêntrica; e a , a aceitação do Deus que, em Perdão e Amor abre horizontes que jamais se fecham no “círculo” do eu, mas sempre se expandem na “terra” do mais um.

“Pois… é  morrendo que se vive para a vida eterna!”


Fabiano Camara Bensi

terça-feira, 13 de março de 2012

Refletindo com Serginho...

Sua Fé é Formada como o Jacarandá
 ou como o Pé de Alface ?
Bom meus irmãos em Cristo, nesta coluna queremos abordar como anda a nossa fé, e o título ajuda-nos a refletir como esta fé, está sendo formada em nosso ser humano.
O homem desde sua criação questiona sua fé, mas Abraão, o pai da fé "Foi pela fé que Abraão respondendo ao chamado de Deus, partiu sem saber pra onde ia (Hb11,8), como uma grande árvore de Jacarandá com raízes profundas no solo da terra sagrada de Deus."
Nossa Jacarandá vai crescendo tomando forma dando galhos e folhagens, sendo uma grande fortaleza, uma boa jacarandá dura em média 500 anos, porque é forte para suportar as secas da vida, o sol ardente, as temperaturas pesadas, e ela permanece lá na certeza de sua vitória sobre as adversidades da vida e do tempo.
"Bendito o homem que confia no Senhor,cuja esperança é o Senhor, é como a árvore plantada junto as águas, que estende as raizes em busca de umidade, e por isso não sofre a chegada do calor: Sua folhagem mantem-se verde, não sofre, mingua em tempo de seca e nunca deixa de dar frutos" (Jr17,7-8).
Parabéns se você está construindo esta fé em forma de jacarandá.Pois as vezes nós estamos como um pé de alface, que não precisa penetrar muito no solo da terra sagrada de Deus, entramos na caminhada de Deus e já com pouco tempo, a cada dificuldade, vamos murchando como um pé de alface, que não suporta o calor forte, em dois meses a  duração de sua vida se acaba,uma fé plantada em grandes milagres e feitos, com grande poder de prosperar, uma vez que não houve tempo suficiente para criar raízes na terra, procura outras terras(igrejas) enfraquecidas pela imaturidade de sua fé em Jesus Cristo. Sob esta ótica, o tempo da quaresma como tempo de conversão não se restringe a questão moral (do pecado). A conversão quaresmal compreende o sentido de vida. Somos chamados a retornar a força vivificante da palavra, para que ela impulsione com seu dinamismo nossa vivência da fé, renovando estruturas e leis, segundo o Espírito de Deus.

Queridos leitores, até a próxima semana com o Título:
"Você é Feliz com seu Jesus Cristo?"
A Paz de Cristo!
Serginho.

Quaresma e C.Fraternidade...

Quaresma: Tempo de solidariedade e de atenção aos enfermos.

A Quaresma é tempo de solidariedade. Tempo ideal para superarmos todas as formas de violência na convivência humana com o propósito de promover a paz.
Este ano, a Campanha da Fraternidade propõe uma reflexão sobre a qualidade da saúde pública em todo Brasil. Devemos, durante esse ano trabalhar para que tenhamos maior espírito fraterno e comunitário na atenção dos enfermos.

A quaresma é o momento para que também possamos agir e tentar garantir a mais pessoas o direito ao acesso aos meios necessários para uma vida saudável.
Em carta destina a CNBB - Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, o papa Bento XVI deixou claro que, de modo particular aos cristãos, o lema bíblico é uma lembrança de que a saúde vai muito além de um simples bem-estar corporal.
Ele pede para que o verdadeiro espírito quaresmal, possa inspirar os corações dos fieis e das pessoas de boa vontade para que difundam a solidariedade cada vez mais profunda para com os enfermos, tantas vezes sofrendo mais pela solidão e abandono do que pela doença.
Temos que ter em mente que o maior acontecimento da história da salvação é a Páscoa, a passagem, através da morte, à vida nova: "morrer com Cristo para ressuscitar com. Ele". É neste momento que o ano litúrgico alcança seu ponto mais alto. Aí está a importância da Quaresma: preparar-nos para celebrar o inefável acontecimento da nossa fé, tempo favorável a este nosso amadurecimento. Por isso, neste período se faz necessário fortalecermos a nossa solidariedade.
Nesse caminho de conversão em direção à Páscoa, a Campanha da Fraternidade 2012 tem muito a nos ajudar, pois podemos nos comprometer a sermos solidários com os que sofrem e precisam de ajuda e atenção.
Devemos lembrar que o esforço de Igreja Cristã tem como ideia principal propor a caminhada solidária no empenho pela paz na sociedade.


segunda-feira, 12 de março de 2012

Refletindo o Evangelho de Domingo


IV Domingo da Quaresma – 18/03/2012


"… assim deve ser levantado o Filho do homem." 
(Jo. 3,14B)

No trecho do evangelho narrado por São João, (Jo. 3,14-21) vamos encontrar a conclusão do diálogo de Jesus Cristo com Nicodemos, profundo conhecedor das leis e das Escrituras. A “serpente”, que Jesus Cristo se refere foi a solução de Deus dada a Moisés, para reanimar o povo que havia perdido a coragem quando estava a caminho da "Terra prometida". (ver também, Nm. 21, 04-09)
"… Assim também deve ser levantado o Filho do homem". Jesus Cristo estava se referindo a Ele próprio, ressaltando a sua verdadeira condição humana, e que deveria ser levantado numa cruz para revelar a toda humanidade que era também verdadeiramente o Filho de Deus, com este gesto, salvando definitivamente o mundo. Nicodemos ficou certamente perplexo e sem voz, porque para ele isso era loucura!
A serpente de bronze era uma pré-figura de Jesus Cristo. Ele também deveria ser suspenso num madeiro, a fim de que todos os que tinham sido ou fossem mordidos pela serpente infernal (o pecado), olhando para Ele e O tocando com os olhos da Fé, ficassem curados: “Eu, quando for levantado da terra, atrairei todos os homens a mim” (Jo 12,32).
Ainda Hoje, para muitos, a cruz é loucura, sinal de morte; mas para aqueles que creem que Jesus Cristo é o Senhor, a cruz é sinal de desprendimento, doação, amor ao próximo, caridade e de vida eterna.
Devemos crer que as coisas de Deus ultrapassam a nossa compreensão. Para poder subir à Glória é preciso descer às humilhações. A serpente simboliza o demônio e a sedução do mal. Jesus Cristo tomou sobre si o pecado do mundo, julgando a antiga “serpente” pela morte na cruz. Pela fé em Jesus Cristo exaltado pela Cruz, Ressurreição e Ascensão, temos a vitória sobre a morte e recebemos a vida eterna (Cf. Jo 20,31).
Como os israelitas feridos pelas serpentes foram salvos olhando a serpente de bronze levantada por Moisés, assim também nós somos remidos pela Cruz de Jesus Cristo.
Para muitos, soa estranho Deus mandar fazer uma imagem, quando Ele próprio proíbe tão severamente: “Não farás para ti ídolos, nem figura alguma do que existe em cima, nos céus, ou do que há embaixo, na terra, nem do que existe nas águas, debaixo da terra” (Dt 5,8).
Só poderemos encontrar explicação para isto, relendo o Antigo Testamento à luz do Novo, porque é só no Novo que o Velho encontra o seu sentido pleno. É o que São Paulo procura mostrar aos judeus: “Ainda hoje, quando leem o Antigo Testamento, este lhes permanece cerrado, porque só em Cristo é que deve ser aberto” (2 Cor. 3,14).
Nesta Quaresma, creio que vale a pena perguntar: Será que doar a vida pelo irmão, sair do egoísmo para o altruísmo, do individualismo para o comunitário, viver o verdadeiro Amor aos irmãos... é loucura?

“Amai-vos uns aos outros como Eu amo vocês!”


Fabiano Camara Bensi

quinta-feira, 8 de março de 2012

Exposição Imagens de Cristo

Históricas imagens de Cristo crucificado emolduram salões do Museu de Arte Sacra de Angra, na nova exposição da Cultuar

A Prefeitura de Angra dos Reis tradicionalmente realiza por ano duas grandes exposições no Museu de Arte Sacra da Igreja da Lapa e da Boa Morte, na Rua Dr. Bastos, s/nº, Centro. O museu é um espaço sacro de suma importância para o Sul Fluminense e para o país, já que Angra é uma das cidades mais antigas do Brasil.
No dia 2 de março foi aberta a primeira delas com o título “Sobre a cruz brilha o esplendor vitorioso da aurora”. A exposição é uma iniciativa da Fundação Cultural de Angra (Cultuar), através da Gerência de Assuntos Religiosos e está agradando aos visitantes. Apresenta 40 imagens de Cristo crucificado, divididas em dois blocos: Senhor do Bonfim (Cristo na cruz com os olhos cerrados) e o Senhor da Agonia (Cristo crucificado de olhos abertos).
Algumas das imagens são raras na região e com grande importância histórica para a cidade, como a imagem do Senhor Morto com os braços articulados, que era utilizado no passado, no evento de Descimento da Cruz, durante a Semana Santa ; crucifixo do Convento São Bernardino de Sena (século XVIII); e matracas originais que eram usadas na Procissão do Enterro.
Destacam-se também a imagem do Senhor do Bonfim, da capela da ilhota do Bonfim; uma raríssima imagem da Santíssima Trindade, da igreja de Jacuecanga; uma cabeça de Cristo em tamanho natural, que tem o título de Senhor da Cana Verde; e uma relíquia em prata do século XVII! ( um pedaço de madeira simbolizando o lenho da cruz , que é originária do Convento do Carmo.
Na exposição também podem ser apreciados quadros da Via Sacra, em papel, e diversos objetos que eram usados nas décadas de 1930 a 1950, durante as solenidades da Semana Santa, como armaduras do Centurião Romano, cornetas e capacetes.
A exposição ficará aberta para visitação até o dia 31 de julho, de terça-feira a domingo das 9h às 12 e das 14h às 17h, com entrada franca. Vale a pena visitar o espaço e conhecer as belas peças expostas.
Nádia Valverde- Cultuar






Dia Internacional da Mulher...

A todas vocês mulheres comunicadoras,lutadoras e guerreiras, parabéns pelo nosso dia! Que possamos continuar comunicando Cristo a todos como Maria o comunicou e continua comunicando. Parabéns pelo nosso dia!

Angra Salva sua Memória...


O projeto Angra Salva Sua Memória - Vida e Obra vem homenageando desde 2007 diversas figuras representativas da cultura angrense. É um projeto da prefeitura, realizado brilhantemente pela Fundação Cultural (Cultuar), através do setor de Gerência de Assuntos Religiosos. Tem o objetivo de prestar o reconhecimento público àqueles que se esforçam pelo bem comum e de resgatar a cultura e a história do município.
No dia 1º de março, a homenageada foi a senhora Maria do Parto Pereira, carioca e angrense de coração, 86 anos, moradora do Morro do Santo Antônio. A homenagem foi realizada das 10h às 11h, na Praça da Matriz, com a presença de familiares, autoridades municipais e religiosas e convidados.
Maria do Parto Pereira foi ministra da Ordem Terceira de São Francisco por oito anos, de 1987 a 1994. Se destaca pelo carinho e zelo com que cuida do patrimônio histórico e religioso da Ordem Franciscana. Participa também de diversos outros movimentos sociais e religiosos na cidade, com destaque para o Apostolado da Oração, sediado na igreja Matriz.
Segundo o gerente de Assuntos Religiosos da Cultuar, Alonso de Oliveira, “ a homenagem é mais do que justa porque Dona Maria do Parto é exemplar em todas as obras que participa, e é muito querida por todos”, explica ele.

Colaborou: Nádia Valverde-Cultuar

quarta-feira, 7 de março de 2012

Campanha da Fraternidade 2012

Estudo da Campanha da fraternidade deste ano com a Presença do Dr. Ilson Peixoto, médico e Presidente da Comissão permanemte de Saúde de Angra dos Reis
Hoje quarta-feira (07/03) na Igreja do Carmo ás: 19:30h
"Que a Saúde se Difunda Sobre a Terra " ( eclo38,38)
Venha Participar e conhecer para Transformar.
Aguardamos á Todos!
Frei Fernando Bezerra Leite - Pároco.

terça-feira, 6 de março de 2012

Jesus e Nicodemos...

Expulsão do Templo...

Trecho do filme sobre Jesus baseado no evangelho de João, sobre a expulsão dos vendilhos do templo e a conversa de Jesus 
com Nicodemos sobre o novo nascimento.



Os Dons do Espírito Santo...

Oração que causou controvérsia.

Oração de Abertura no Senado em Kansas USA, a Oração que causou controvérsia,
Veja e reflita você mesmo.

Formação Bíblica com Frei Carlos Mesters


A Bíblia não foi escrita para tomar o lugar da Vida,
mas para iluminá-la e torná-la Melhor.
Frei Carlos Mesters.